sexta-feira, 26 de junho de 2009

A cada Emergir


No mergulho silencioso...
Cada emergir, nos desnudamos do irreal, re-lembramos: somos.
E a canção se torna mais e mais Sentida...

7 comentários:

ney disse...

Um reencontro com o simplesmente ser? Puxa! Haveria de ser mesmo uma canção. ney;

adriana disse...

Concordo com o Ney...
"Haveria de ser mesmo uma canção".
A&L

tereza ferraz disse...

E que Bela canção!
Bjs

marcelo dalla disse...

O Universo inteiro é música! Valeu pelo comentario elogioso, querida! Parabéns a todos nós! (tb passo por aqui quietinho... mas são através dos comentários q nos tornamos amigos!) Comentarei mais vezes! bjo

Lucia Campos virtual disse...

É verdade, querida, a cada emergir mais livres para nosso lindo amor-canção!

Xicha disse...

Olá Teresa agradeço o facto de me teres visitado em meu blogue , perguntavas se tinha postagem de seguidores , não , não tenho !!!
deixo-te um grande abraço e um beijinho
Xi

paulo disse...

Poesia vital