segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Vento

 

O vento inclina a vegetação do campo numa bela sincronia...
O silêncio, só há o vento,
ele trás mensagens...
Um só vento e a decodificação da mensagem: é de cada um.
Estando dentro do silêncio e sentindo o vento,
O profundo respeito com a natureza da terra e dos seres.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Um Salto



"E é Mikail quem prega o crucifixo na parede.
Mikail desce da escada e olha o efeito, vira a cabeça para um lado e para outro, acho que está analisando o aspecto estético. Seria isso?
- O que tanto o intriga, Mikail?
Ele continua a olhar o crucifixo.
- Estou a pensar que hoje se comemora a véspera do seu nascimento, e o que tenho à frente é Ele, na cruz. Estranho, não é?
- Não diga que está convertido num bom católico, Mikail? Fala Igor.
Viro-me para Igor, que está bem atrás de mim.
- Não, estou só achando injusto. Está no lugar certo, Igor?
- A cruz ou o Homem?
Mikail sorri e balança a cabeça.
- Igor, você não acredita que seu Deus está ali?!!!
- Não, Mikail. Primeiro, ele não é Deus. Deus, para mim, está dentro de cada um de nós, nossa essência é divina.
A imagem é uma imagem. Os homens constroem templos de adoração, são erguidos monumentos para glorificar a passagem de um Ser. Os homens apegam-se ao que viram e criaram, religiões e leis. Esquecem ou não têm consciência de que esses seres são sentimento, dão sentimento, operam através do sentimento Amor. Na clareza do sentimento está a vontade, esta gera a energia que opera os ditos “milagres”. E os homens limitam-se aos porquês, limitam-se até onde seus pensamentos os leva, são seus guias. Têm no coração a vontade, e são conduzidos por pensamentos.
Os templos dentro do tempo, o sentimento-amor está além do tempo. Alguns templos ruíram, o Homem que, a meu ver, veio inspirar outros homens permanece. Por que?
A certeza do sentimento, faz com que comungue, por sentimento com Homens que vieram exemplificar o sentimento, apenas isso. Homens que resistem ao tempo por estarem além do tempo e por serem sentimento.

Cai o silêncio por um tempo indeterminado e olhando a imagem falo:
- Este Homem não criou religião nenhuma. E é mais fácil para nós, adorarmos um Deus morto, e não o Homem vivo. Andando por Assis, era fácil compreender Francesco, ele mostrava aos homens como era importante a ligação com a natureza, a simplicidade do ser e o Silêncio; a essência está em tudo! Morre Francesco nasce um símbolo. O que temos à frente é um símbolo, um grandioso símbolo do sentimento.
Igor fala:
- Ao meu sentir, você está certa, Ele é um símbolo, como foram outros. Ao prendê-lo na cruz, os homens se prendem. Seu martírio é tudo. Soltá-lo da cruz é um dos Saltos. Porém isso gera responsabilidade. Responsabilidade de encarar o mundo de outra maneira. É mais fácil delegar essa responsabilidade a Ele e outros iguais a Ele. As leis ditadas pelos homens são rígidas. Tolhem qualquer movimento de soltura e conseqüente liberdade. As leis ditadas pelos homens ditam o que é pecado. Por isso, na grande Lei da Terra, nós próprios nos punimos pelo que fazemos. É Lei terra: violá-la é repará-la. E, temos a outra simples opção, a Lei do Amor. Complicamos, não é?

E ficamos os três a olhar e a sentir."

Texto de História Encantada.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Lembranças


E vêm os dias e as noites.
Em meio à bela Terra, como o sol no mar, estão os Viajantes.
Os Viajantes continuam - é vital continuar.
Ressurge no coração quente ou ate num simples gesto ou olhar de alguém.
Nos trás algo familiar.
Qual o som da canção.
Sentem, por vezes, o sentir se torna tão distante, como as aragens.
Aragens - qual foto gasta pelo tempo...
As lembranças re-surgem...

sábado, 22 de agosto de 2009

Nascer do Sol


No silêncio partilhado,
elos sentidos,
Aguarda-se o Sol nascer...
Estão a caminho.
Alguns sentindo o Sol,
Alguns o Sol está a derreter geleiras da inconsciência ou barreiras mentais...

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Flores Flocos


Energia qual brisa trás as flores flocos,
Perfume conhecido...
E no conhecido: EnergiaCoração se desprende e toca.
A mente qualifica?
Não, rendida há muito: acompanha e evidencia.
Lembra da frase antiga:" Insanos são aqueles que reprimem o Amor.
Fantasioso é aquele que não O exprime.
Ilusório é aquele que se esconde da verdade Sentida.
Nós somos livres para nos expressarmos, vivermos, comungarmos."

Sim, lembro...
e neste aqui o que importa é sentir o Fluxo do Coração,
que alcança o “invisível”, mas tão sentido...
e como as flores flocos, desprendida e sentido: toca a Todos, toca em Tudo,
o simples ato de sentir e seguir o pulsar do coração...Ti Tocar

domingo, 16 de agosto de 2009

Silêncio



No silêncio,
observando e sentindo...
O sentir tão conhecido como o ar que se respira,
se exala o que sente...

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Vida Amor


Quando um homem se Rende ao sentimento Amor(pessoal ao fraternal, fraternal ao pessoal=Amor),
pois se vê diante de algo ilimitado...
Quando o homem vê dentro de si,
por vezes perplexo,
este sentimento o impulsionar, nutrir e gerar a força-vontade...
Quando o homem descobre que o amor é Tudo,
toma consciência de que o amor é vida, e vida é amor.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Constância



No coração a permanência, a plenitude.
Em Terra manter a constância com a sintonia.
E nela, diante da forte energia: há abalos vindos de escolhas.
Como mãe a Terra acolhe a todos,
E nesse todos, há tumultos.
“Se” detiver nos tumultos,
nos turbilhões emocionas ou mentais.
Sai-se da sintonia.
Constância, ato para a mente: manter-se no pulsar do coração,
respirando e sentido
Manter consciente o Caminho...

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Caminho


O andar em Terra,
Sentido a condução-coração,
Não torna fácil ou difícil
Há momentos que se olha para trás,
ver-se: todas as partes do trajeto,
partes de si mesmo: no aqui-agora.
Caminho sem volta,
E Caminho de volta ao Ser

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Presentes

E eis que Grande Coração,
dar presentes encantados.
Homem com um trabalho-serviço: belíssimo!







António Rosa - cova do urso

Este selo Alegria vem da Livreluz-Desvelando



Este dado a ele, Coração de Ouro, pela janela de joana
e momentos recortados

E não é mesmo parecido com ele: alegria e coração de ouro.
Agradeço Antonio!
O selo segue a todos os blogs que acompanho