terça-feira, 7 de julho de 2009

Leveza do Ser



Leveza do Ser.
(Dá licença Milan Kundera)
(A bailarina)

Entra: Será? Seria?
Em cada um de nós há o próprio sentir de coração.
O som da canção – em cada um de nós.
Onde estão os limites?
Nos jogos...Ainda?
Para alimentar medos ou por poder?
Volta-se ao ponto! Mas não quero o ponto...Segue reticências.
E agora?
Não quero estar nos jogos...Embora tenha consciência que alguns os usam, não quero!
Então entra o: sim ou não. Entra: Será? Seria?
Há peso nisso.
Que tom tem a canção?
Acordes são sentidos-ouvidos, e os que sentem a ouvem em vários tons.
A dualidade rompida!
O estado de Leveza-Paz não depende de onde estou, com quem estou, mas fundamentalmente de como estou.(não sei de quem é esta frase)
E alguns sentem: Isso.
Daí a leveza...

22 comentários:

adriana disse...

Tereza,
Leveza e Alegria...
Devemos seguir esta melodia.
Obrigada!

Bailarina disse...

A leveza é consequência da leveza em nossos corações, essa nos faz bailar ao som do sentimento, de nossa cancão.
Dança ao som do teu sentimento, dança, dança e te libertarás de todas as algemas que "inventaste" pra te prenderem!
Dança, dança e te libertarás da Ilusão da prisão que só a dualização te prendem pés no chão!

tereza disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
António Rosa, José disse...

Tereza

Há leveza, beleza e alegria.

Kanimambo ('obrigado' numa das línguas moçambicanas, a minha terra de origem)

tereza disse...

Ih Grande Coração, adorei saber!
Kanimambo a ti!

tereza disse...

Bailarina
Ha Leveza, serenai!
Ha alegria vindo do pulsar coração. Não ha nada que prenda o coração.
Ha consciência...

Peregrina da Luz disse...

Leveza sustentável com a força do pensamento promissor. Beijokas

B i a disse...

Leveza há e é.
Mas se o coração não o é,não sente,não consegue,não enxerga.
Cada canção é ouvida pelo coração,por isso,mesmo a mesma canção,tons diferentes,para difentes.
O estado,as condições,a história o tudo,depende claramente de como estamos...
Os jogos,porque mesmo?não consigo,talvez não queira e prefira não entendê-los.
Tudo depende disso,como estamos,como somos e como queremos ser(ou seria quem queremos ser?)

tereza disse...

Pegegrina!
Leveza e o pensamento na constância.
bjs

tereza disse...

Bia!
Tb difícil a mim “entender” ou ate mesmo “perceber” jogos...to fora(rs)
Obrigada ou Kanimambo Bia

paulo disse...

Alguns buscam na razão, mas o compasso esta no coração. Que forma bonita de expressar!
Sem ponto final...

tereza disse...

rs...sem ponto final..
Obrigada...

marcelo dalla disse...

Olá querida! Depois de ler esse poema, dei um grande suspiro, bem gostoso... pra assimilar essa leveza. Muito sensível seu texto. Tb adoro vir aqui! bjos

tereza disse...

Suspiro é saudade...rs!
Obrigada

**Bya** disse...

Leveza ao Ser.
Boa noite

gaivotadourada22 disse...

Quando olhamos para as asa que perfazem um voo, a sabedoria não está nas asas que planam, mas no Ar que as sutentam... Quando o Ser que voa tem esse conhecimento, transforma-se em "Leveza de viver"... Incorpora a PAZ!
É uma maravilha chegar aqui, e receber tanta beleza! Beijos Tereza!

**Bya** disse...

A insustentavel leveza.....
Bom dia e abraços.

tereza disse...

Leveza de viver...
Namaste!

Norma Villares disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Norma Villares disse...

Olá querida Tereza, com esta sensibilidade vai voar ao infinito. Beijokas

Maria Izabel Viégas disse...

Amada,

É difícil e fácil, encontrar esta leveza...difícil quando intentamos entender os jogos, os senãos, os sim e os não.
Fico aqui com o suspirar do Marcelo rs... penso que quem suspira é a alma.
Leveza é inspirar, só sentir, voar ao mesmo tempo ao mais alto tom e ao fundo de si mesma, rodar mil voltas entre as estrelas e estar aqui na ponta dos pés, presa ao chão, movimento ainda necessário e vital, ainda precisamos ligar-nos à terra mas com a alma liberta ...em tudo e em qualquer lugar,
Ah! que lindo! sonhar...
ser reticências, talvez, mas nunca, nunca ponto final.
Linda fada, meu coração é teu!

Zeni Glaeser disse...

Maravilhoso texto Tereza. Com certeza deixei acesa a chama da luz para todos. Sinta-se na luz. Beijokas